Como reconhecer se um corretor é confiável?

Como reconhecer se um corretor é confiável?

A questão da confiabilidade do corretor é ao mesmo tempo delicada e fundamental. Como trader, colocamos nosso capital em um corretor para que possamos fazer pedidos. A primeira pergunta que podemos fazer é: o meu dinheiro está seguro? Em outras palavras, posso confiar no corretor? Mas a questão do capital não é a única. Há também a qualidade do serviço e da execução. Todos esses pontos são essenciais para uma boa experiência de negociação. Como ter certeza que o corretor escolhido é sério, profissional e confiável?

Autorizações:

O primeiro passo é verificar as autorizações de operação do corretor em seu país de implantação. O órgão regulamentador poderá nos informar. Por exemplo na França, um corretor deve ser aprovado e certificado pela AMF (Autorité des Marchés Financiers). No entanto, uma questão mais complexa surge para os corretores que operam em um país, mas que possuem clientes de todo o mundo. De fato, um órgão regulamentador não pode atuar em corretores fora de seu território. Assim por exemplo, para um cliente francês de um corretor maltês, a autoridade competente é a de Malta. No entanto, alguns corretores podem ser aprovados em vários países pelos órgãos nacionais correspondentes. Este é um ponto significativo para verificar a confiabilidade de um corretor.

O Histórico do Corretor:

Além do mero selo das autoridades administrativas, é importante olhar para a reputação do corretor. Primeiramente, a reputação não é tudo, mas pode nos dar uma luz sobre as práticas da empresa. Nesta categoria podemos citar a satisfação do cliente: o corretor possui bons reviews e boas recomendações? Essas opiniões são autênticas ou certificadas? Você conhece pessoas que já foram clientes do corretor? Tudo isso nos dá uma primeira impressão bastante útil. Então podemos buscar um pouco mais: procurando por artigos, notícias sobre o corretor e obter mais sobre o mesmo. O corretor está envolvido em algum escândalo? Possui multas que foram impostas pelas autoridades reguladoras? Então se tiver algum aviso, tenha muita cautela em optar por este corretor!

Além disso, a idade do corretor é um critério igualmente importante. Há quanto tempo o corretor está operando? Qual tem sido sua evolução? Quem são seus clientes? As empresas profissionais e institucionais são clientes do corretor? Longevidade é frequentemente sinônimo de confiança dada ao corretor pelos seus clientes à longo prazo. Então isso é um bom sinal.

Publicidade e Marketing:

Um fator muitas vezes esquecido, mas que é realmente importante é a comunicação do intermediário financeiro. Através de suas campanhas publicitárias, seu tipo de marketing, nós podemos perceber a intenção do corretor e testar sua honestidade. Obviamente que é preciso ter um conhecimento mínimo para poder detectar a verdade a partir de falsidades e exageros ou incitações enganosas. Portanto, você precisa fugir daqueles que prometem grandes ganhos com muito pouco dinheiro e em pouco tempo. Todo mundo sabe que é muito mais complicado do que isso. Mas às vezes as mensagens são difíceis de serem percebidas. Isso não quer dizer que tudo é falso ou enganoso na comunicação de um corretor, mas você precisa prestar atenção às promessas. Um corretor confiável respeita seus clientes, evita riscos e não os leva a uma catástrofe segurada.

Sem Certeza:

Apesar de tudo que pode ser feito para encontrar um corretor confiável, profissional e honesto, há sempre dúvidas. De fato, mesmo depois de todas as informações mencionadas acima, ainda assim, é possível ter problemas com o seu corretor. Risco zero não existe. No passado, houveram situações em que os clientes apresentaram queixas contra corretores relativamente "respeitáveis". Uma maneira de evitar isso, ou pelo menos reduzir o risco, é diversificar: optando por dois ou três corretores, compará-los, e especialmente, não colocar todo o seu investimento em um único lugar. A desvantagem é que você tem que dividir seu capital e ter apenas um terço de seus fundos em cada um dos três corretores. Infelizmente este é o preço que pagamos para não dependermos dos atos de um corretor.

Última Atualização em 10/09/18

Continue esta discussão no Forum