Por que os tweets de Elon Musk tem tanto impacto nos valores do Bitcoin e de outras criptomoedas?

Por que os tweets de Elon Musk tem tanto impacto nos valores do Bitcoin e de outras criptomoedas?

Há duas semanas, o valor do Bitcoin caiu em 10% depois que Elon Musk declarou na sua conta do Tweeter que a Tesla, sua empresa de carros elétricos, não iria mais aceitar pagamentos em Bitcoin. A declaração não só fez o valor da Bitcoin cair, mais influenciou a queda de outras criptomoedas como o Ethereum, a Binance Coin (BNB), a DogeCoin (DOGE), o Cardano (ADA) e a XRP ; todas estas últimas criptomoedas tiveram uma queda de aproximadamente 10% nas últimas duas semanas.

Mas porque as falas do bilionário sul-africano são tão influentes no mercado?

Elon Musk, além de ser o patrão da fabricante de carros elétricos Tesla Motors e da SpaceX, empresa escolhida pela Nasa para produzir a nave que acaba de mandar para o espaço quatro astronautas em missão, é um verdadeiro influencer do mercado da criptomoeda. A primeira razão talvez seja pelo fato dele ser considerado um visionário. Elon Musk coloca o seu dinheiro em empresas e ativos que estão sempre conectados com a rapidez e eficiência da contemporaneidade. Seus carros são elétricos, em acordo com as normas convenientes ao meio-ambiente, e a sua empresa de pesquisa espacial busca facilitar e diminuir os custos de viagens interplanetárias. A Tesla foi também uma das primeiras empresas a aceitar pagamento em Bitcoin. Ou seja, Elon Musk é uma figura conhecida por olhar para o futuro e agir de acordo com as tendências de valorização dos setores onde ele se implica. A compra pela Tesla de um valor de 1,5 bilhões de dólares em Bitcoin no ultimo mês de fevereiro deixou a comunidade das criptomoedas alvoroçada e ainda mais confiante no ativo dessa moeda que, mais do que nunca, parecia fortalecida pela decisão do empresário. Neste período, o valor de todas as criptomoedas subiram e o Bitcoin, mais precisamente, subiu 20%.

Mas toda essa admiração que os traders de criptomoeda tinham por Musk, devido aos seus constantes incentivos, começou a azedar desde que ele decidiu não mais aceitar o Bitcoin como pagamento de seus possantes elétricos. Segundo Musk, a razão de tal mudança foi ambiental. Ele percebeu – talvez um pouco tarde demais – que apoiar o Bitcoin contradizia a politica ambiental de baixa na emissão de carbono que segue a sua empresa. Seu carros elétricos são os campeões neste tecnologia, o que não é o caso da mineração do Bitcoin. Minerar um Bitcoin demanda um esforço enorme de computadores super potentes que se debatem entre si para resolver problemas matemáticos. Essas operações utilizam muita energia vinda do carbono para funcionar, o que configura um problema para o empresário já que o carbono “tem as piores emissões de todos os combustíveis”, segundo suas próprias palavras. Apesar da declaração feita, a Tesla afirma ainda não ter vendido os seus Bitcoins. Mas, apesar de ainda ser detentor de um bilhão da criptomoeda, o mercado esfriou assim como a simpatia dos traders por Musk.

Apesar do vai e vem, Musk é uma referência não só pelo seu caráter visionário mais também por sua posição ativa no mercado. Suas declarações e compras guiam, de certa forma, as tendências futuras. Quando um comprador inexperiente vê o Elon Musk gastando milhões em determinado ativo ele pode concluir que talvez valha a pena seguir tal investimento escolhido do pelo sul-africano, afinal, visto o tamanho da sua carteira e de suas empresas, podemos concordar que ele faz boas escolhas. Por essas e outras, suas declarações acabam ditando as movimentações do mercado e pautando as discussões sobre várias criptomoedas. O fato dele ter apoiado abertamente a Dogecoin, por exemplo, fez com que o valor da moeda subisse em 30%.

Uma opinião de Musk em relação ao Bitcoin e outras criptomoedas é tão valorizada que qualquer mudança de ideia que ele possa vir a ter faz todo o mercado se tornar mais volátil e arriscado, o que não agrada em nada os investidores. Por isso, ele tem sido muito criticado por traders de todo mundo que, antes, se beneficiavam de suas declarações sempre positivas ao Bitcoin. De toda forma, um mercado que se baseia em tweets positivos ou negativos de uma só pessoa ficará sempre propenso à uma certa volatilidade. No dia em que houver mais empresas fazendo suas transações com criptomoedas, haverá igualmente novas vozes para assegurar a lastro de confiabilidade destas mesmas. Mas por enquanto, a Tesla foi umas das únicas grandes empresas a investir tanto no Bitcoin e a abrir seu mercado a ele. Podemos imaginar que talvez seja essa uma outra razão pela qual Elon Musk está dando um passo a atrás em suas vendas de automóveis por Bitcoins.

 

Última Atualização em 26/05/21

Continue esta discussão no Forum