XM Atinge Marco de 500 mil Clientes!

XM Atinge Marco de 500 mil Clientes!

2015 foi um ano estável e de crescimento constante para a XM, que atingiu 500.000 usuários em 196 países até 01 de Janeiro de 2016. A taxa média de crescimento foi de 123%, comparando ao ano passado. A meta da XM é ultrapassar um milhão de clientes em 2016, e as equipes estão prontas para enfrentar esse desafio.

O site da XM foi lançado em 2009, e graças a qualidade de seus serviços e ao número de índices disponíveis para negociação online no mercado, a empresa obtem sucesso até hoje. A XM oferece à seus clientes 8 plataformas de negociações completamente funcionais, que podem ser usadas em PC, Mac, tablet, smartphone (Apple ou Android), e está disponíveis 24horas / 7 dias por semana, para que seus clientes possam negociar onde quer que eles estejam.

Em termos de negociação a XM oferece mais de 60 pares de moedas, bem como metais preciosos, energias, índices de ações, todas sem recotações. Vários tipos de contas estão disponíveis (Micro, Padrão ou XM Zero), dependendo das necessidades específicas de cada cliente.

O site da XM possue atendimento em mais de 20 idiomas, disponível à qualquer momento para atender às necessidades de seus clientes, bem como um centro de aprendizagem onde os clientes podem praticar o uso das diferentes ferramentas disponíveis na plataforma. Seminários e webinários são organizados ao longo do ano para decifrar as tendências econômicas, e discutir notícias financeiras.

Você pode abrir uma conta demo para praticar, antes de abrir uma conta real para negociação. A XM oferece $25 dólares para cada cliente quando iniciar suas negociações.

Com mais de 500.000 clientes atualmente, a XM é uma das principais empresas de negociações online, pois possui eficiência e confiabilidade bem estabelecida em todo o mundo. O site está em constante evolução, para oferecer cada vez mais benefícios para seus clientes, e assim, atingir sua meta de um milhão de usuários até o final de 2016.

Visitar o site da XM

Última Atualização em 14/06/18

Continue esta discussão no Forum