PETRO: Primeira Cripto Moeda Estatal.

PETRO: Primeira Cripto Moeda Estatal.

A Venezuela lançou a primeira cripto moeda estatal do mundo: a PETRO. A moeda é protegida pelas reservas de petróleo do país (entre as maiores do mundo) com um preço que seria modelado sobre o barril venezuelano para evitar a volatilidade excessiva.

O preço de emissão foi fixado em $ 60 dólares para um PETRO, ou seja, cerca de € 48 Euros. O governo espera colocar em circulação mais de 100 milhões de PETRO (6 bilhões de dólares) e no seu primeiro dia, foram criados 735 milhões de dólares.

Uma moeda virtual, de estado, qual é a finalidade?

Com o PETRO, o governo venezuelano está buscando uma nova fonte de financiamento porque a economia do país está em uma crise grave e mesmo sem fôlego: com uma hiperinflação com aumento de mais de 600% em relação a 2017, taxa de desemprego mais 25%, recessão econômica com queda de 12% do PIB no ano passado, inadimplência, bloqueio de financiamento em moeda estrangeira pelos Estados Unidos, tensões políticas...

Neste contexto, a criação desta nova cripto moeda é mais um plano de resgate de última hora do que um desejo real de estar na vanguarda da inovação e do desenvolvimento. O governo procura aproveitar a onda de sucesso da moeda virtual para atrair fundos no país, ignorando as barreiras financeiras dos EUA sobre as moedas regulamentadas.

Quais as vantagens e desvantagens desta moeda?

A chegada desta moeda é observada com muita cautela, se não cético, pelos analistas financeiros pelas razões mencionadas acima, especialmente porque a criação do PETRO, ao contrário de outras cripto moedas, que é centralizada e gerenciada pelo governo venezuelano, que lembramos, é um dos mais instáveis e corruptos do mundo. Um forte freio para atrair novos investidores que não se beneficiarão de um quadro legalmente estável...

Além disso, é em parte o fato de que as cripto moedas são independentes dos estados que contribuem para o seu sucesso. Se amanhã um país pudesse ter o controle da Bitcoin e pudesse regulamentá-lo por sua conveniência, seria uma forte aposta segura de que os investidores não se importariam, especialmente se o país estivesse inseguro politicamente e economicamente. Lembramos que em abril de 2018, as eleições presidenciais poderão prejudicar o PETRO se o novo presidente não mais apoiar o projeto e decidir tornar a moeda ilegal.

Quanto à garantia do PETRO em barris reais de petróleo, estes ainda não são extraídos dos porões. Mesmo que as reservas estejam presentes, os desentendimentos políticos podem impedir sua extração e, assim, reduzir significativamente a qualidade da garantia, portanto é real, e é um recurso que não beneficia outras cripto moedas.

A PETRO também possui proteção contra especulações excessivas. Na verdade, seu preço foi indexado sobre o barril de petróleo, e a volatilidade dos cursos não deve ser tão importante quanto a bitcoin, por exemplo. Lembramos que o preço aumentou de $ 1.000 dólares para $ 20.000 dólares, e depois baixou para $10.000 dólares em menos de um ano. Mas a falta de estabilidade é um freio ao desenvolvimento porque leva à incerteza que desencoraja o investimento.

A final das contas, PETRO é sucesso ou fracasso?

É muito cedo para prever o futuro do PETRO. Sabemos que o contexto em que foi criado não é saudável. Na verdade, não pretende se adaptar a novas moedas virtuais e posicionar a Venezuela como líder no campo, mas sim contornar barreiras e sanções políticas internacionais. Isso não representa uma boa fonte de motivação para o investimento estrangeiro.

Resta saber o quão sério é a administração do governo venezuelano, particularmente na liquidez da moeda e na qualidade das garantias para fornecer um mínimo de segurança para os investidores.

No entanto, se o PETRO se desenvolver, será um exemplo para outros países. A possibilidade de atrair novos investimentos através de sistemas de financiamento diferentes dos canais convencionais. E isso sem sofrer os constrangimentos de outros países (bloqueio, embargo, etc.). Isso também abriria caminho para a "normalização" de outras cripto moedas.

Última Atualização em 27/02/18

Continue esta discussão no Forum