O que é Money Management (Gerenciamento de Dinheiro)?

O que é Money Management (Gerenciamento de Dinheiro)?

Dominar a negociação, vencendo à longo prazo, depende de vários fatores, como por exemplo, de estratégias utilizadas, de técnicas mais ou menos avançadas, depende da própria experiência do trader, de sua maneira de agir nos mercados e de suas qualidades essenciais, dentre outras mais.

A gestão de riscos e o seu capital também é um elemento essencial para obter o sucesso na negociação. Isso é chamado de Money Management, ou seja, Gerenciamento de Dinheiro. Como veremos a seguir, é o fator determinante para qualquer negociação ser bem-sucedida.

Diferença entre Gerenciamento de Dinheiro e Gerenciamento de Riscos:

Poderíamos dizer que a gestão do dinheiro é uma subcategoria do gerenciamento de riscos. De fato, o gerenciamento de riscos abrange vários temas: riscos de mercado, riscos de liquidez, riscos de contraparte, e etc. O gerenciamento de ganhos e perdas, o gerenciamento concreto de sua conta de negociação, os volumes envolvidos, todos fazem parte da gestão do dinheiro. Nós não devemos nos concentrar no exterior, mas sim, no interior. Gerenciamento de dinheiro é introspecção. É gerenciamento do capital, das stops (paradas) e metas de lucro.

Deve-se ter em mente que esta é a principal fonte de um desempenho positivo à longo prazo. Independentemente das técnicas ou estratégias utilizadas, se a conta não for gerenciada corretamente, a perda é certa. É por isso que um sistema de negociação em si só, não tem muito valor se lá na frente de tudo isso, o trader não é capaz de gerenciar o seu próprio dinheiro.

Os ingredientes de uma boa gestão de dinheiro:

Tudo é uma questão de desempenho comparado ao risco assumido. O objetivo é reduzir o risco possível e aumentar os ganhos. É preciso também analisarmos os rates de ganhos/perdas. Isso requer uma boa gestão dos volumes envolvidos em relação ao capital, um bom investimento de stop-loss e de limites. Isso também significa uma utilização razoável da alavancagem. É fácil entender que tomar uma posição equivalente a dez ou cinquenta vezes maior que a sua capacidade real, é perigoso. O gerenciamento de volume é um ponto essencial na negociação.

Nós falamos frequentemente sobre a volatilidade do mercado. Na gestão do dinheiro, são as variações no saldo e dos ganhos que são afetados, é a volatilidade da conta de negociação que devemos examinar. Passar algumas horas de € 500 euros (positivos +) para € 750 euros (negativos -) é um problema, especialmente quando o capital básico é de ordem de € 5000 euros ou menos. Isto representa uma variação de € 1250 euros, ou seja, 25% numa conta de € 5000 euros! É enorme. Tudo é relativo, e por exemplo, em uma conta de € 50000 euros seria uma variação de 2,5%. Eu gosto de usar este exemplo de uma negociação infinitamente pequena (em volume): neste caso, o risco de perda é mínimo.

Se todos esses princípios são relativamente simples de entender, a prática é muito menos óbvia. O fogo da ação, as escapadas dos mercados, as flutuações inesperadas por definição, fazem com que a realidade cotidiana da administração do dinheiro seja submetida a grandes desafios. O aspecto psicológico entra em jogo, e às vezes a teoria é difícil de ser respeitada. Emoções, frustrações, são armas reais de autodestruição. "O mercado está sempre certo" é uma expressão generalizada que está em seu lugar aqui, no sentido de ser humilde diante do mercado, deixando o seu ego de lado. Ter parâmetros precisos de gerenciamento de dinheiro permite que o profissional mantenha a cabeça fria e evolua sem muito estresse.

Muita prudência pode acabar com a negociação:

Não confunda gerenciamento de dinheiro, prudência e risco. Risco é inerente à negociação, você não pode prescindir. Podemos muito bem reduzir o risco à zero: significa não negociar nada!

Uma boa gestão de dinheiro permite justamente a optimização na melhor das hipóteses da tomada de riscos, de não fazer nada, enquanto é obtido desempenhos honrosos. Você tem que ter cuidado, mas não exagere. Tome riscos sob medidas. A arte da negociação é encontrar a dose certa.

A gestão do dinheiro, é de certa forma, a base sobre a qual toda a negociação eficiente é baseada. É a base indispensável. Todos terão sua própria abordagem e seus próprios hábitos, o objetivo comum, é claro, acima de tudo, perder o mínimo possível, e preservar o capital. Potenciais ganhos virão depois, se tudo ocorrer bem!

Última Atualização em 26/11/18

Continue esta discussão no Forum