O ETF Bitcoin está chegando!

O ETF Bitcoin está chegando!

Os ETFs da Bitcoin estão atrasados há muito tempo, mas devem ser aprovados pela SEC (Securities and Exchange Commission) dos Estados Unidos.

Lembramos que o ETF é um tipo de fundo de investimento que rastreia o preço de um ativo subjacente, como ouro, petróleo, os índices e as ações. Ele negocia no mercado da bolsa de valores da mesma forma que as ações. Um ETF Bitcoin tem a moeda digital Bitcoin como ativo subjacente. A principal diferença entre comprar um ETF Bitcoin e o próprio ETF Bitcoin é que os investidores irão comprar um instrumento de investimento regulamentado que poderá comprar e vender na bolsa de valores, em vez de ter que comprar e estocar bitcoins por segurança.

Recentemente, os dois reguladores do mercado dos EUA - a SEC e a CFTC (Commodity Futures Trading Commission) - compartilharam seus pontos de vista sobre o mercado em geral e sobre o mercado de ETFs da Bitcoin.

Robert J. Jackson Jr., um dos comissários da SEC, disse que o ETF em Bitcoin provavelmente terminará sendo validado pela SEC. Segundo ele, alguns candidatos podem acabar satisfazendo as expectativas do regulador. Em novembro do ano passado, o presidente da organização, Jay Clayton, explicou que ele queria uma proteção melhor contra a manipulação no mercado e também de serviços melhores para garantir a proteção, e então assim, ficaria mais “ confortável ” com a aprovação de um produto deste tipo na bolsa de valores.

De fato, a SEC rejeitou no passado as múltiplas tentativas dos principais participantes do mercado. Ela não podia concordar porque temia manipulação de preços, a falta de protocolos de segurança e software de monitoramento de negócios, e em especial de serviços de custódia para proteger os depósitos dos investidores. Mas parece que os futuros participantes neste mercado levaram essas observações em consideração. Por exemplo, o CBOE recentemente apresentou novamente o requerimento, que está pendente para revisão pelo regulador, como é o caso da NYSE Arca.

Ao lado dele, o Comissário do CFTC, Brian Quintenz, disse:

«A lei sobre as trocas de mercadorias prevê um processo que permite que as bolsas auto-certifiquem um contrato se acreditarem que ele atende aos requisitos da lei." Se não discordarmos, eles terão a oportunidade de proceder e auto-certificar este contrato.»

Como resultado, os contratos podem ser listados sem aprovação, mas também sem a desaprovação da CFTC.

A dificuldade deste assunto reside notavelmente na guerra territorial em curso entre a SEC e a CFTC, os dois reguladores responsáveis pelo controle do mercado de cripto-moedas. O Bitcoin e o Ethereum estão sob a jurisdição da CFTC, mas a SEC ainda controla o maior mercado para o fornecimento inicial de moedas (ICO).

Pode ser que as duas plataformas de controle, irão se unir para colaborar neste assunto. E tudo indica que essa colaboração pode ocorrer rapidamente. A questão da jurisdição de cada um permanece bastante indefinida, e seria a única solução para que a regularização do ETF no Bitcoin possa ser decidido à curto prazo.

O presidente da Edelman Financial Services e especialista na Wall Street, Ric Edelman, está confiante sobre este assunto. Assim, quando perguntado se a SEC irá aprovar um dia o tal fundo, sua resposta direta não seria « se irá », mas sim « quando ».

Portanto, o contexto atual sugere que os ETFs sobre Bitcoin são um dos novos desenvolvimentos para os mercados financeiros, e a tendência parece inevitável. Isso permitirá que os traders diversifiquem seus portfólios com um novo tipo de ETF.

Confira e compare os Melhores Brokers em ETF

Última Atualização em 28/02/19

Continue esta discussão no Forum