O impacto dos FInfluencers (influenciadores) sobre o mercado financeiro

Admin08/11/22 (atualização 8 meses, 2 semanas atrás)investidores, influencers, TikTok, Instagram, influenciadores

O impacto dos FInfluencers (influenciadores) sobre o mercado financeiro
O impacto dos FInfluencers (influenciadores) sobre o mercado financeiro

Comentários

O número de seguidores dos influencers do mercado financeiro não para de crescer. Em um mundo cada vez mais tecnológico, os influenciadores digitais têm desempenhado papel fundamental nas relações de consumo atualmente.

A atuação desses profissionais adquire mais relevância a cada dia que passa. Todas as atividades, sejam elas laborais ou empresariais, têm sido impactadas pelo conhecimento que essas pessoas compartilham através das redes sociais. Há influencers com milhões de seguidores, que não realizam suas atividades sem antes ouvir a opinião de seus “gurus”.

E esse estrondoso impacto, também chegou ao mercado financeiro. São centenas (até milhares) de influenciadores digitais que mantêm canais em redes sociais sobre investimentos em ações, fundos de investimentos e outros ativos do mercado financeiro. Esses influenciadores são conhecidos como FInfluencers, que é uma junção de finanças com influencers. Muitos investidores, principalmente os iniciantes, são fortemente influenciados por eles.

Sendo assim, este artigo tem o objetivo de discorrer sobre a importância desses influenciadores, bem como alertar para que os conteúdos postados sejam bem analisados antes da tomada de decisão sobre realizar ou não determinados investimentos.

Escolha a corretora no comparativo do CFD, clique aqui.

Seguidores e engajamento exponencial

Segundo relatório divulgado no dia 13 de outubro pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA), os 255 maiores FInfuencers do Brasil superam a marca de 94 milhões de seguidores. Esse número de seguidores está dividido entre Twitter, Facebook, Youtube e Instagram, ou seja, esse estudo não leva em consideração outras redes como Kwai e TikTok, por exemplo.

Se comparado com o relatório divulgado em dezembro de 2021, houve um crescimento de 3,1% no número de seguidores desses influencers. E a tendência é que esse número continue a crescer nos próximos meses. Ainda segundo o relatório da ANBIMA, o que chama a atenção não é somente a quantidade de seguidores, mas principalmente, o engajamento desses seguidores. Esse engajamento é medido pela quantidade de visualizações, curtidas e comentários nas postagens desses profissionais.

Em poucos minutos de postagem, um conteúdo é capaz de gerar milhares de visualizações. O número de comentários nas publicações também chama a atenção: em média são 1330 por publicação. Esses números dão a dimensão do que se tornou o universo da influência digital no mundo dos investimentos no mercado financeiro e de capitais. Os influenciadores têm impactado sobremaneira a tomada de decisão de seus seguidores.

Parcerias entre FInfluencers e instituições estão crescendo também

Diante de todo esse contexto, era evidente que as instituições que atuam no mercado financeiro voltariam seus olhos para esses influenciadores. Já são várias as empresas que mantêm parcerias com eles, visando aumentar sua visibilidade. Segundo o relatório, cerca de 23% dos influenciadores que fizeram parte do estudo, mantêm alguma parceria com empresas que estão relacionadas à ANBIMA, sejam como associadas ou seguidoras dos códigos de autorregulação da entidade. E esse número tende a crescer.

Mas porque os FInfluencers ganharam tanta importância no mercado financeiro?

O impacto dos FInfluencers

A resposta para essa pergunta está relacionada a dois fatores principais: uma geração essencialmente digital e a busca por conhecimento rápido e objetivo.

Os novos investidores, ou aqueles jovens que pretendem investir, fazem parte de uma geração que possui a tecnologia digital em seu DNA. Sendo assim, é natural que eles busquem o conhecimento de que eles necessitam dentro dessa tecnologia. Não apenas no mercado financeiro, mas em todas as áreas das suas vidas.

A segunda razão citada é ainda mais importante. Isso porque o que se busca é um alto grau de objetividade nas informações recebidas. Como os vídeos dos influencers são geralmente curtos e diretos, esses novos investidores tendem a manter um alto engajamento com eles, como já foi constatado no estudo da ANBIMA.

Obviamente, outros fatores também explicam a importância dos influencers no universo dos investimentos, mas esses dois sintetizam bem essa importância.

Mercado de ações é o assunto preferido dos FInfluencers

Existem FInfluencers para todos os gostos. Existem aqueles que focam em fundos de investimento, em criptomoedas, em commodities e outras coisas. No entanto, a maioria aborda investimentos em mercado de ações.

Para ser mais específico, uma parcela considerável dos influenciadores digitais do mercado financeiro, opta por abordar o day trade. Esse fato vai de encontro ao que foi dito no tópico anterior: rapidez e objetividade. Esses influenciadores constataram que grande parte dos jovens investidores buscam retornos rápidos. E para isso a melhor opção são investimentos no day trade, que são as operações que abrem e fecham dentro do mesmo dia.

Obviamente, há muitos influencers que falam sobre investimentos em swing trade e de longo prazo. Porém, os conteúdos que geram mais engajamento são aqueles relacionados ao day trade.

Mas investir somente como base o conteúdo dos influencers pode ser um erro

É bem verdade que a maioria dos FInfluencers são pessoas sérias, com conhecimento de causa. Todavia, como em todo segmento, há aqueles que simplesmente postam conteúdos teóricos, sem qualquer comprovação prática de que aquele método funciona.

E mesmo que haja comprovação prática, é preciso levar em conta que métodos e estratégias devem ser seguidos ou montadas, levando em consideração o perfil de cada investidor. Portanto, é necessário analisar se os métodos ou estratégias apresentadas estão de acordo com o perfil do trader.

E o mais importante de tudo, estudar o mercado ainda é a melhor maneira de realizar investimentos. Saber realizar uma análise técnica (gráficos, tendências, etc.), é fundamental para que o investidor reduza seus riscos e reconheça oportunidades. O ideal é ter o conteúdo apresentado pelos influenciadores digitais como uma ferramenta complementar para os investimentos. A ferramenta principal deve ser o conhecimento do próprio investidor.

Conclusão

É inegável que o impacto dos FInfluencers no mercado financeiro tem ganhado cada vez mais relevância. E esse impacto na maioria das vezes é positivo, visto que é responsável por levar mais e mais jovens aos investimentos e a educação financeira.

No entanto, é preciso entender que sem conhecimento próprio, as chances de sucesso diminuem significativamente. Por isso, busque conhecimento estudando o comportamento do mercado, entendendo e conhecendo seu perfil de investidor e, principalmente, criando estratégias baseadas não apenas em busca de lucros, mas também em redução de riscos.

Qual CFD devo escolher?

Veja abaixo nossa seleção de melhores corretores

Última atualização em 23/06/23

Artigos que você pode gostar