Como observar as tendências da Bolsa?

observar as tendencias da bolsa

Todo trader e todo investidor consegue, uma hora ou outra, determinar os caminhos do mercado e as tendências globais dos preços.

A chave para ganhar dinheiro na bolsa é a seguinte: comprar barato e vender caro, ou vender a um preço abaixo do mercado e comprar novamente por um preço ainda menor... E você só conseguirá atingir esta meta quando souber interpretar as tendências do mercado.

Negociar a partir das tendências de mercado é uma prática muito conhecida e ela existe desde a invenção do trading. Mesmo aqueles que não se consideram como traders de tendências, ou “swing trades” como são chamados, sempre consideram as tendências de mercado em suas análises. Sendo assim, é normal que façamos a seguinte pergunta: como determinar e como interpretar exatamente a tendência de um mercado específico?

Existem três maneiras básicas: a análise discricionária, a análise dos extremos mais altos e mais baixos e a média móvel simples.

MODO INTUITIVO

A análise discricionária consiste em examinar um gráfico e determinar subjetivamente se o mercado parece evoluir em alta ou em baixa. O andamento geral de um mercado pode parecer evidente com uma simples leitura de gráfico, sem necessitar de uma análise muito avançada.

O problema deste tipo de análise é que sem uma metodologia objetiva para medir a tendência fica impossível construir um verdadeiro método de trading ou de investimento. Isso faz com que todo este processo seja subjetivo. Você não poderá testá-lo com precisão com o decorrer do tempo para determinar se se trata de uma estratégia viável (ao menos que o seu método não seja objetivo mas se baseie em alguns critérios precisos).

PREÇO ASCENDENTE

Uma maneira extremamente popular para definir uma tendência de alta é o modelo de preço de mercado gráfico que apresenta os pontos extremos mais altos e os mais baixos. Inversamente, uma tendência de baixa é identificada por um modelo de preço que mostra os altos e os baixo mais baixos.

Tendência de alta em ação da Apple:

apple graph

Esta definição tem o inconveniente de não definir uma tendência de evolução à longo prazo. Na verdade, uma tendência pode mudar de direção em função do tempo: alta no curto prazo e baixa no longo prazo.

Por isso, é extremamente necessário predefinir o seu período de análise quando se quer encontrar uma tendência na bolsa: estou buscando uma tendência em um período de poucos dias, alguns meses ou vários anos?

De maneira geral, falamos em “tendência” de mercado referindo-se à vários meses, no mínimo. Caso contrário, podemos indicar um período de curto, médio ou de longo termo.

A MÉDIA MOVEL

As médias móveis de diferentes períodos foram, durante muito tempo, utilizadas como indicadores de tendências. Esta é uma técnica básica da análise gráfica e técnica.

Quando o preço de mercado está acima de uma média móvel, a tendência é de alta. Contrariamente, quando os preços então à baixo, falamos em tendência de baixa.

Os novos traders gostam de utilizar médias moveis à curto termo pois eles seguem os preços dia após dia. Elas podem ser úteis, mas como a tendência do mercado se dirige ao longo prazo, uma média móvel a curto prazo pode não ser apropriada para avaliar uma tendência.

A média móvel simples de 50 períodos e média móvel de 200 períodos são as mais usadas pois elas têm vantagem da “profecia de auto realização”. Ou seja, nós sabemos que muitas pessoas estão observando estas mesmas médias móveis e que estas pessoas também vão agir no mercado financeiro em função das mesmas médias.

Pense à incluir estas duas médias móveis em todos os seus gráficos. A média móvel de 200 pode parecer um indicador de tendência um pouco lento. Se for o caso, você pode utilizá-la a título de suporte e de resistência. Entretanto, não deixe de considerar a média móvel de 50 para medir uma tendência a médio termo.

Tendência de baixa nas ações da Zoom:

zoom graph

No gráfico acima, foram traçadas as médias moveis de 50 períodos (em roxo) e de 200 períodos (em verde).

Nós podemos ver que o mercado cruza a média baixa roxa em novembro de 2021 com o preço à $440. Mais tarde, em março de 2021, o mercado cruza a média baixa verde, de 200 períodos, por volta dos $350.

Neste caso, é evidente que vender de acordo com a média de 50 períodos teria sido mais interessante. Entretanto, também podemos ver que em fevereiro de 2021 o mercado volta a fica acima desta média móvel! Com esta estratégia a curto termo, a melhor ideia teria sido vender as ações.

A média móvel de 200 períodos oferece um indicador mais confiável e com menos volatilidade.

Ou seja, as tendências na bolsa sempre mudam, às vezes de maneia muito rápida e inesperada. Esta é a alma do trading e do investimento: encontrar boas oportunidades de entradas e de saídas no mercado.

Última Atualização em 06/04/21

Continue esta discussão no Forum