Médias Móveis

moyenne1

Para ajudar os clientes em suas decisões de compra e venda, existem uma infinidade de indicadores técnicos e gráficos. As médias móveis são simples e básicas, mas muito eficaz.

O que é uma Média Móvel?  

Isto é simplesmente uma técnica de análise de evolução do cursor de preços das ações, na bolsa de valores. Isto permite apagar todo os ruídos, todas as variações e a volatilidade no mercado, a fim de ter uma visão mais clara da direção do mercado. Na verdade, as flutuações são constantes, e por vezes, é difícil saber exatamente onde o preço vai subir. Então, a idéia é utilizar a média móvel dos preços ao longo de um determinado tempo, e cada unidade de tempo adicional, recalculando esta média móvel com os dados mais recentes. Isto é, de fato, uma média móvel deslizante. E tudo o que é sobreposto no gráfico do mercado estudado.

Tipos de Médias Móveis:

moyenne1

SMA: Simple Moving Average ou também conhecida por (Média Móvel Simples (MMS) ou Aritmética):

Como o nome sugere, é uma média simples dos períodos. Se a unidade de tempo é de 10 dias de negociação, os últimos 10 valores conhecidos (a abertura ou fechamento do mercado) serão somados e divididos por 10. Cada dia adicional que tomamos nos últimos 10 valores, e assim uma curva pode formar. Não será, portanto, lisa sobre o mercado de 10 dias.

WMA: Weighted Moving Average ou também conhecida por (Média Móvel Ponderada (MMP):

Neste caso, um peso maior é dado aos valores recentes, linearmente. E de fato, quanto mais se aproxima do dia e da hora atual, maior fica o seu valor. A idéia consiste em dizer que os valores recentes são mais relevantes e é melhor refletir sobre o mercado com os "antigos" dados. Especificamente, se tomarmos um período de 5 dias, os dados mais distante terá um peso de 1, o próximo um peso de 2, até alcançar o quinto dia, com um peso de 5.

EMA: Exponential Moving Average ou também conhecida por (Média Móvel Exponencial (MME):

É um pouco semelhante à média móvel ponderada, a média exponencial dá mais peso aos dados recentes, e portanto, reage mais rapidamente aos movimentos do mercado. No entanto, difere do método de cálculo. Em primeiro lugar, durante um determinado período (por exemplo: 10 dias) a média móvel simples é calculada. Este é o ponto de partida. O próximo ponto na verdade faz uma média, da média simples e do valor de mercado mais recente ponderado por um multiplicador, e que dá mais peso para o último valor conhecido. O resultado dá assim a primeira média exponencial. Isto irá ser a base para o próximo valor. Toda vez, a média exponencial anterior é utilizada, e o mesmo peso é atribuído ao valor mais recente.

A questão surge rapidamente: Qual Média Móvel devo utilizar? Não há média móvel melhor do que a outra. Tudo depende da estratégia. As médias móveis ponderadas e exponenciais se fixam mais no mercado. Neste sentido, eles são mais sensíveis a variações e podem ser mais adaptados aos sinais de compra ou venda. No entanto, para este mesmo objetivo, é possível utilizar as médias simples, com unidades de tempo mais reduzidos: e de fato, quanto mais longo o período for utilizado, mais a média móvel se aproximará dos preços de mercado.

Como utilizar:

As médias móveis que são simples, ponderados ou exponencial, podem ser utilizadas de várias maneiras.

Crossover (Cruzamento)

moyenne2

Em primeiro lugar, a estratégia mais simples é escolher uma média móvel ao longo de um período definido (por exemplo, 20 unidades de tempo) e identificar os momentos em que os preços de mercado atravessam para o aumento ou diminuição dessa média. Isso é chamado de crossover. Quando o mercado passa à baixar a média móvel, é um sinal de venda. E se o mercado passar à subir, é um sinal de compra. 

Double Crossover (Cruzamento Duplo)

moyenne3

A técnica acima está sujeita à variações, que por vezes, podem ser extremas nos preços de mercado, e assim, poderá dar sinais falsos. Uma solução é usar duas médias móveis de diferentes períodos: um período mais "rápido" (por exemplo, 10 unidades de tempo) e um período mais "lento" (como 50 unidades de tempo). A ideia é identificar os cruzamentos de alta ou baixa da média rápida em comparação com a média lenta. Isto confirma os sinais de entrada e de saída.

Suportes ou Resistências

moyenne4

As médias móveis também podem ser utilizadas como suportes ou resistências. Frequentemente observamos preços que saltam precisamente sobre algumas médias em períodos de 55 ou 200 unidades de tempo, por exemplo.

Limitações

Estas estratégias não funcionam de forma sistemática. No caso de um mercado sem tendência, por exemplo, pode ser que as médias móveis possam dar falsos sinais ou sinais invertidos: no momento em que pensamos em comprar, acontece o colapso do mercado e vice-versa.

Outro ponto delicado é a seleção de período de cálculo: Qual devo escolher? 10, 20, 50, 200 unidades de tempo? Não há regras e todos terão de fazer a sua própria análise.

Além disso, em períodos de retomada do mercado, as médias móveis podem ocorrer na hora local conforme a nova tendência. Uma solução é utilizar as médias em períodos de tempo curto ou diferentes e também utilizar o cruzamento de médias móveis.

Por todas estas razões, geralmente associamos médias móveis a outros indicadores, tais como RSI e Bandas de Bollinger a fim de confirmar as tendências para comprar ou vender sinais.

Última Atualização em 22/11/17

Continue esta discussão no Forum